Agravante

Tutty Vasques

10 de fevereiro de 2014 | 14h30

O ex-governador Eduardo Azeredo, protagonista do mensalão tucano em Minas, deu agora para dizer em sua defesa que é tão inocente quanto Lula.

Não à toa, a Procuradoria-Geral da República pediu pena de 22 anos para ele.