Ah, bom!

Tutty Vasques

05 de junho de 2010 | 17h14

Adriano explicou à polícia que a tal doação de R$ 60 mil interceptada em conversa telefônica de traficantes destinava-se à compra de cestas básicas.

Ou seja, se algum erro o Imperador cometeu, a pena alternativa que lhe cabe foi paga adiantado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.