Air Furto

Tutty Vasques

25 de julho de 2010 | 17h23

O caso da aeromoça da Air France que aproveitava o sono dos passageiros para roubá-los durante o vôo pode ser fruto de uma nova estratégia de gestão das companhias aéreas em geral.

Fique esperto a bordo!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.