Anistia ampla

Tutty Vasques

28 Fevereiro 2012 | 10h04

Se até o presidente equatoriano Rafael Correa perdoou a imprensa, francamente, não há razão para José Genoíno continuar fazendo biquinho pros jornalistas, né não?