Apoio universal

Tutty Vasques

28 de março de 2010 | 00h24

reprodução

reprodução

Flagrado pelo noticiário às vésperas da licitação de uma cama para seu gabinete, o ministro Paulo Vannuchi desfez o negócio.

Perdeu, assim, a oportunidade de advogar que, a começar pelo titular da Secretaria Especial de Direitos Humanos, todo homem deveria ter direito a uma cama no local de trabalho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: