Arquivo vivo

Tutty Vasques

02 Outubro 2014 | 00h08

Será que, agora em prisão domiciliar mediante delação premiada de políticos e empreiteiras, o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa já não deveria estar sob a guarda de um rigoroso programa federal de proteção à testemunha?

Essa gente é vingativa à beça!