Basta!

Tutty Vasques

27 de fevereiro de 2011 | 09h42

Já há quem defenda para a tal Taça das Bolinhas o mesmo destino da Jules Rimet.

Derretida, ela deixaria de existir e, consequentemente, toda essa disputa ridícula em torno de um troféu idem teria fim no noticiário esportivo.

O São Paulo, em especial, precisa se dar o respeito.

Depois reclama!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.