Basta!

Tutty Vasques

19 Março 2013 | 00h11

Claro que não merecem pena tão severa quanto a que baniu da seleção da Grécia o jogador que comemorou um gol de seu time com a clássica saudação nazista, mas outros gestos célebres de goleadores em todo o mundo deveriam ser de alguma forma coibidos em campo!

Basta, por exemplo, de coraçãozinho com as mãos e de chupada no dedão!