Bolsa de valores é caso de polícia

Bolsa de valores é caso de polícia

Tutty Vasques

22 de janeiro de 2008 | 19h20

ilustração pojucan

Neguinho tem mais é que estar pessimista mesmo.

A economia mundial, assistimos esta semana, é mais vulnerável do que qualquer ponto de venda de drogas no Complexo do Alemão.

Se o Bope der uma blitz em Wall Street, acaba com esta palhaçada em dois tempos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.