Bom começo

Tutty Vasques

17 de fevereiro de 2011 | 11h50

Foi uma estratégia consciente:

Honrando o voto de seu eleitor, Tiririca votou errado em sua estreia na urna eletrônica da Câmara dos Deputados.

Aquele promotor que o julgava analfabeto deve estar sem ter onde enfiar a cara, né não?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.