Brasileira, dedo-duro, carinhosa…

Tutty Vasques

14 de março de 2008 | 00h23

Os europeus acompanham com grande interesse – e até com uma ponta de inveja – o escândalo sexual que derrubou o governador de Nova York.

Ainda mais agora que entrou em cena a tal brasileira dedo-duro que ferrou com Eliot Spitzer.

Os franceses, em especial, adoram este tipo de coisa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: