Cabelo represado

Tutty Vasques

19 de outubro de 2014 | 14h28

Geraldo Alckmin encontrou, enfim, analogia que dá bem uma ideia do tanto de água que São Paulo ainda tem para explorar no fundo dos reservatórios:

“O volume morto é como o rabo de cavalo que a Marina Silva escondia num coque: a gente pensa que é pouca coisa, mas não é não!”

Entendeu ou quer que desenhe?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: