Castigo de Deus

Tutty Vasques

12 de agosto de 2013 | 15h56

O papa Francisco comemorou discretamente no Vaticano a derrota do kirchnerismo nas urnas em toda a Argentina.

Espera que, depois disso, Cristina Kirchner pare de usar sua imagem eleitoralmente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: