Salvem as louras!

Tutty Vasques

22 Maio 2013 | 11h23

reproduçãoA Justiça Federal suspendeu os editais de incentivo à cultura negra lançados pela ministra Marta Suplicy, entendendo que a grande novidade da atual gestão da pasta exclui todas as demais etnias do direito ao benefício.

As louras, por exemplo, nunca tiveram esta colher de chá e, mesmo depois que uma colega assumiu o Ministério da Cultura, continuam segregadas dos editais de incentivo, apesar do preconceito histórico que as persegue no Brasil.

Ainda que Marta Suplicy não possa fazer nada por elas sem parecer ação positiva em causa própria, alguém precisa assumir a dívida cultural que todos nós temos com as louras.

Ao contrário dos portugueses que foram à Justiça cobrar mais respeito nas piadas que por aqui se faz deles, elas nem ligam para isso, mas aceitariam de bom grado, decerto, um sistema de cotas de acesso à universidade para que ninguém mais as chame de “burras”.

No mais, pelo menos dessa vez, a Marta parece estar do lado certo numa discussão.

Ou não!