Chama o João!

Tutty Vasques

19 Maio 2012 | 06h48

Não vai acontecer, mas que bom seria se a certa altura da CPI do Cachoeira seu relator, o deputado mineiro Odair Cunha, convocasse João Emanuel Carneiro para lhe conferir uma supervisão autoral: “Não estou dando conta desse trem aqui, não, sô!” – o deputado precisaria reconhecer tal limitação para pedir ajuda ao teledramaturgo da novela das 9.

Falta à CPI um roteiro como o de ‘Avenida Brasil’ (TV Globo) para prender a atenção do brasileiro pelos próximos meses de exposição diária do assunto nas manchetes do noticiário. João Emanuel é craque nesse negócio!

No Congresso, como na televisão, não é fácil montar uma história que logo de cara põe em cena 51 personagens, 36 deles com sigilo quebrado, sugerindo uma intrincada rede de intrigas, maldades, conspirações, traições e mistério.

Lamentavelmente, o Brasil não produz CPIs com os mesmos cuidados de suas novelas. Nos folhetins de TV, como se sabe, o bandido quase sempre se dá mal no final: quando não vai preso, morre ou fica doido de pedra.

A ideia de recorrer ao auxílio luxuoso do melhor autor de novelas da atualidade chegou à internet na campanha ‘Chama o João, Odair!’

Participe!