‘Come to street, brother!’

Tutty Vasques

02 Outubro 2013 | 06h25

reproduçãoSe fosse no Brasil, a galera Black Block já teria ocupado o Congresso para acabar com a palhaçada política que não leva em conta as consequências do risco iminente de um apagão generalizado nos serviços públicos do país. Alguém precisa fazer alguma coisa para acordar o gigante americano, antes que o impasse orçamentário em curso no Capitólio feche de vez o governo dos EUA por falta de recursos para cobrir suas despesas.

Não tem ninguém nas ruas de Washington, Seattle, Chicago ou Nova York gritando contra tudo isso que aí está encerrando atividades junto com a administração Obama: escolas, museus, parques nacionais, esquemas de assistência a veteranos de guerra, a Estátua da Liberdade e o escambau!

Mais até que o barulho provocado pela insensatez política na im prensa mundial, surpreende o silêncio da opinião pública americana no noticiário internacional. Nem se quisessem, os republicanos do Tea Party ouviriam “the voice of the street”. Acorda, América!