Como assim?

Tutty Vasques

20 de julho de 2008 | 22h04

Na dúvida sobre o que o ministro Celso Amorim quis dizer com aquele papo sobre táticas de propaganda nazistas na sustentação das concessões agrícolas em países ricos, a OMC tomou uma decisão sensata:

Pediu que o chanceler fosse submetido ao teste do bafômetro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.