Como lucrar com o desabastecimento

Tutty Vasques

24 de junho de 2008 | 06h05

Já tem sacoleiro brasileiro levando picanha para vender em Buenos Aires.

Traz de volta casaco de couro.

Neguinho não perde tempo, né não?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: