Companheira

Tutty Vasques

20 Junho 2012 | 12h59

No mesmo dia em que Luiza Erundina renasceu em São Paulo, morreu no Rio Iramaya Queiroz Benjamin, símbolo brasileiro da luta pela anistia, outra grande mulher que o PT não fez por merecer.

Que Deus a tenha!