Conforto do banco

Tutty Vasques

13 de maio de 2011 | 16h44

SDFHDSO bom e velho Rivaldo saiu do banco de reservas para os braços da torcida do São Paulo.

Foi o único tricolor aplaudido no final do vexame contra o Avaí.

E ainda reclama do técnico que não o escalou.

Se tivesse jogado, não teria perdão!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: