Contrapropaganda

Tutty Vasques

27 Setembro 2013 | 11h18

Entreouvido dia desses na seção de carnes de um supermercado de Salvador:

— É Friboi, moço?
— Claro!
— Então não quero, não, obrigada!

Não há Tony Ramos no papel de garoto-propaganda que desfaça o estrago que faz à marca o noticiário sobre o julgamento da viúva do ex-diretor-executivo da empresa, acusada pelo próprio filho de mandar matar o marido.

A história é de embrulhar o estômago!