Desvalorização do real

Tutty Vasques

24 Dezembro 2013 | 10h01

Parece mentira que tenha sido escândalo nacional na virada de 1995 para 1996 o cachê de R$ 100 mil que a prefeitura do Rio pagou a Caetano Veloso e Gilberto Gil, entre outros que se apresentaram no réveillon de Copacabana.

Este ano, eles vão faturar R$ 600 mil, cada, pelo mesmo serviço envolvendo dinheiro público em Salvador!