Deu a louca nos generais!

Tutty Vasques

08 de abril de 2010 | 09h26

Numa série de entrevistas exibidas na Globonews, o repórter Geneton Moraes Neto abriu esta semana as portas do sarcófago dos generais de pijama. Documento jornalístico à parte, a ideia de contar a história da ditadura a partir das lembranças de militares inteiramente gagás tem tudo para render uma comédia capaz de bater a bilheteria de Chico Xavier no cinema.

A passagem em que o velho Newton Cruz interpreta na TV seu encontro com manifestantes de rua – “Que povo unido o quê! Pra cima de mim? Que história é essa? Vocês estão presos!” – é de rolar de rir!

Nini, como era chamado na caserna, sempre foi caricato. A grande revelação, no gênero, é o general Leônidas Pires Gonçalves, que, no papo com Geneton, rebaixou os exilados à patente de “foragidos”. Pois se “não houve um decreto para exilar ninguém…” Como diria o outro, “que exilados o quê! Pra cima de mim?!”

Sei lá se é a idade deles que transforma a truculência do discurso em arroubo senil inofensivo, mas já é tempo de se fazer piada com os anos de chumbo. Se já fizeram comédias até com campo de concentração…