Diplomacia é o cacete!

Tutty Vasques

25 de julho de 2014 | 09h22

Para Arnaldo César Coelho, a regra é clara:

Israel merecia, no mínimo, cartão amarelo pela tal “força desproporcional” com que entrou na Faixa de Gaza!