Direito a troco

Tutty Vasques

19 de novembro de 2014 | 06h15

Em julgamento desde ontem no Tribunal da Justiça Federal do Rio, acusado de crimes contra o mercado de capitais, Eike Batista poderá optar pela delação premiada.

 

Advogados do ex-bilionário calculam que, se ele contar tudo que sabe, ganha 100 anos de perdão!

 

Ou seja, teria liberdade assegurada até 2114!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: