É rum, hein!

É rum, hein!

Tutty Vasques

20 de fevereiro de 2008 | 11h39

reprodução

Os cubanos amanheceram sob forte ressaca dia seguinte da renúncia de Fidel.

O governo interpretou o mal-estar coletivo como uma determinação do povo em chamar o Raúl.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: