Elementar

Tutty Vasques

08 Agosto 2009 | 11h25

A possibilidade desse Rodrigo Cruz empregado no Congresso ser um homônimo do afilhado do Sarney, como sustenta a defesa do senador, é a mesma daquele “Paulinho”, que andou sendo investigado pela PF em Brasília, não ser esse que você está pensando.