Erundina acertou no milhar!

Tutty Vasques

21 Junho 2012 | 06h03

reproduçãoClaro que não foi premeditado! Nem o mais maquiavélico dos marqueteiros conseguiria bolar estratégia tão eficiente de promoção política: Luiza Erundina é, desde terça-feira, a grande vencedora das eleições municipais de São Paulo, quatro dias após sua apresentação como vice na chapa do candidato do PT.

A deputada abandonou a campanha de Fernando Haddad para entrar para a história enaltecida nas redes sociais como a mulher que teve “dignidade”, “coerência”, “postura ética”, ¨decência”, “lucidez”, “vergonha na cara” e o escambau para não aceitar o batom no Maluf na cueca do Lula em flagrante de primeira página nos jornais de anteontem.

Para quem nunca foi unanimidade entre o eleitorado paulistano, Erundina sai desse episódio apoiada até pelos que ainda outro dia a desprezavam por puro preconceito à sua origem de mulher nordestina, solteirona e sem filhos.

Marta Suplicy deve estar morrendo de inveja! Se imaginasse a repercussão positiva de uma reação extrema à aliança de Lula com Maluf, talvez não ficasse perdendo seu tempo nas últimas semanas rejeitando Fernando Haddad pelas beiradas.