Escrever é humano!

Tutty Vasques

21 de março de 2009 | 09h28

Você compraria um livro sobre a história por trás do sucesso da cantora Britney Spears escrito pela mãe dela? John Lennon, cuja biografia demolidora do mito também acaba de sair, não teve essa colher de chá! Se bem que em se tratando da mãe de John Lennon… Deixa pra lá!

O que impressiona no mercado editorial desses tempos de vacas magras é o sortimento de escritores que chega às livrarias. Vera Fischer lança por esses dias a segunda parte de sua biografia em construção. Não fala ainda de drogas nem de Felipe Camargo, ou seja, ainda vem por aí mais uns dois volumes da obra, calculo!

No futuro, todo mundo vai escrever seu próprio livro. George Bush já tem o seu na cabeça, inclusive. O ex-presidente anunciou na quinta-feira que quer dividir com o público os momentos em que tomou as grandes decisões de seu governo. Algo me diz que, também nesse caso, as lambanças ficar para outra leitura.

Texto publicado no caderno Cidades/Metrópole deste sábado no ‘Estadão’

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: