Essa não!

Tutty Vasques

06 de fevereiro de 2014 | 05h40

Justiça seja feita à incompetência das autoridades energéticas que investigam o apagão de terça-feira, ninguém até agora levantou a hipótese de sabotagem na rede de transmissão, praxe venezuelana que anda se espalhando por aí!