Estranho no ninho

Tutty Vasques

21 de agosto de 2013 | 06h44

Depois de entoar cântico da torcida do Flamengo no ônibus do Fluminense e de dar selinho em homem na torcida do Corinthians, Emerson Sheik ainda não tem nova performance à vista.

Talvez vá todo de marrom ao camarim do Roberto Carlos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: