Estratégia puro-sangue

Tutty Vasques

21 de dezembro de 2009 | 09h23

Um grupo de tucanos de alta patente se reuniu sábado à tarde no apartamento de FHC, em São Paulo, para torcer pelo Estudiantes na final do Mundial de Clubes da Fifa.

O ex-presidente defendia a tese de que, se o Barcelona fosse vice, seria mais fácil convencer Aécio Neves a entrar para este time.

Faltou combinar com o Messi, que levou o Barça ao título.

A propósito, responda a enquete Datatutty na margem direita desta página.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.