Fafá é inocente!

Fafá é inocente!

Tutty Vasques

20 de novembro de 2008 | 18h51

reprodução

Esta coluna foi injusta com Fafá de Belém ao responsabilizá-la pela execução do Hino Nacional no último desastre da Seleção em jogos no Brasil.

O intérprete escalado para aquele 0 a 0 com a Colômbia (dia 15 de outubro, no Maracanã) foi o violonista Allyrio Mello, substituído às pressas esta semana por Zezé di Camargo, quando a sorte do time de Dunga mudou da água pro vinho.

Enfim, se tem algum pé-frio nessa história, continua sendo o Galvão Bueno.

PS: A última cantora famosa que interpretou o Hino Nacional em jogos da Seleção foi (salvo engano no Brasil 0 x 0 Argentina, no Mineirão, em junho) a Gal Costa, que, convenhamos, já tem problemas suficientes para resolver esta semana. Vamos deixá-la fora desta, ok?

Tendências: