Febre amarela braba

Febre amarela braba

Tutty Vasques

16 de janeiro de 2008 | 17h34

ilustração pojucan

Ângela Bismark – se você não está ligando o nome à pessoa clique aqui – puxou mais os olhos numa clínica de cirurgia plástica para posar de gueixa à frente da bateria da Porto da Pedra, que vai passar no sambódromo carioca em homenagem aos 100 anos da imigração japonesa no Brasil.

Pode?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.