Fiel ao bom comportamento

Tutty Vasques

12 Março 2013 | 06h39

ilustração pojucanAinda traumatizada pelo o fechamento dos portões do Pacaembu ao público logo no início da Libertadores, a torcida do Corinthians quer comemorar a volta ao estádio amanhã, contra o Tijuana do México, com um show de bons modos.! A Gaviões da Fiel promete não soltar nem pum durante a partida. O membro da organizada que desobedecer vai entrar no cacete para aprender a não prejudicar o Timão!

Exageros à parte, imagina só se – para proteger o clube de novas punições na competição – a própria torcida começar a repreender quem fizer xixi pelos cantos dos banheiros, pular no assento na hora do gol, atirar pilhas de radinho no bandeirinha ou cuspir pra cima na arquibancada. Cada torcedor teria direito ao máximo de oito palavrões, quatro em cada tempo de jogo.

Sem querer deixar ninguém paranoico de véspera com o comportamento do bando de loucos, talvez convenha à Fiel ajudar a polícia a reprimir cambistas, flanelinhas, o comércio de carne de gato e a turma que costuma entrar e sair dos ônibus pela janela, antes que a Conmebol decida retaliar o Corinthians pela costumeira bagunça em torno do Pacaembu.

Enfim, se eu fosse corintiano…