Flip 2015: Flaubert, segundo Popozuda

Tutty Vasques

01 Agosto 2014 | 06h06

ilustração pojucanAo primeiro sinal de uma pontinha de inveja pela maneira como Gal Costa foi anunciada pela imprensa em Paraty – “Grande amante da literatura” –, Valesca Popozuda precisou dar muito beijinho no ombro para recuperar a autoestima de “pensadora contemporânea” atestada em prova de Filosofia e o escambau. Sem entrar no mérito da escolha da estrela do show de abertura da Flip 2014, a funkeira resolveu fazer por merecer o palco na festa literária do ano que vem.

De cara, postou em seu Instagram foto em que posa de óculos absorta na leitura de ‘Madame Bovary’. E, antes que as piadinhas a respeito ganhassem força nas redes sociais, anunciou que vai gravar um clipe inspirado no clássico de Gustave Flaubert. Teria pensado antes numa releitura de Clarice Lispector, mas se tocou de que, apesar do apreço geral pela autora, ninguém aguenta mais as colagens de suas citações.

Dificilmente a Flip 2015 terá alguém tão preparada para suceder Gal no gargarejo dos intelectuais.