Formação de família

Tutty Vasques

27 Fevereiro 2014 | 15h16

Com base na jurisprudência criada hoje no STF, os advogados dos Irmãos Metralha já encaminharam embargo infringente à Suprema Corte de Patópolis, alegando que seus clientes não se juntaram para a prática de crimes.

Estiveram desde sempre unidos por laços familiares, o que também não chega a configurar formação de quadrilha.