Freud explica

Tutty Vasques

05 de março de 2009 | 22h46

O meio-campista Douglas, do Corinthians, passou o dia de ontem tentando entender porque não passou aquela bola pro Ronaldo, sozinho, na cara do gol.

Perdeu a chance de coprotagonizar em todo o mundo o primeiro abraço do Fenômeno na sua volta ao futebol.

Será que foi justo por isso?!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: