Gente fina é outra coisa

Tutty Vasques

27 de novembro de 2007 | 11h10

A diferença da França para a Venezuela e a Bolívia é que lá a polícia apanha.

Repara só!