Habite-se ou deixe-o

Tutty Vasques

12 Setembro 2013 | 02h47

O motivo alegado para a restrição do número de visitantes à Câmara dos Deputados e ao Senado abre um precedente perigoso para a democracia:

Se o povo não protestar, amanhã ou depois fecham o Congresso com a mesma desculpa da falta de ‘Habite-se’.

Incrível como não pensaram nisso em 1964, né não?