Hoje não!

Tutty Vasques

31 de março de 2011 | 08h12

Jair Bolsonaro podia, ao menos neste 31 de março, não render homenagens ao aniversário do golpe militar de 1964.

Combinado, deputado?

Tendências: