Imune a si próprio!

Tutty Vasques

28 Junho 2012 | 02h02

ilustração pojucanLula só quer, ao que parece, ter certeza de que está inteiramente imune a si próprio após a alta médica que o devolveu ao mundo da política – daí a série inacreditável de despachos desastrados que vem protagonizando sem arrependimentos no noticiário.

Da conversa com Gilmar Mendes na casa de Nelson Jobim às fotos com Fernando Haddad nos jardins de Paulo Maluf, passando pela pagação de mico o programa do Ratinho, tudo teria sido cuidadosamente planejado para testar a paciência da legião de admiradores do ex-presidente.

Até que ponto, depois de eleger a Dilma e vencer um câncer, “o cara” pode fazer o que lhe der na telha sem medo de que alguma coisa possa dar errado em seu destino? – eis a questão!

Lula até que vem sobrevivendo bem à opinião pública, mas a militância do PT tem bons motivos para se perguntar onde é que isso vai parar.

O suposto encontro de cortesia com o novo presidente do Paraguai, Federico Franco, nem parece tão politicamente incorreto assim diante do boato de que o ex-presidente teria desafiado Thor, o primogênito de Eike Batista, para um pega de automóvel.

Aí, francamente, já seria caso de interdição, né não?