Infiel Castro

Tutty Vasques

28 de outubro de 2009 | 09h29

A revelação de que Juanita Castro foi agente da CIA em Cuba no início dos anos 1960 esclarece uma série de coisas.

Por exemplo:

Foi ela, decerto, que caguetou pros americanos que o irmão comunista comia criancinhas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.