Insólito é apelido

Insólito é apelido

Tutty Vasques

22 de novembro de 2008 | 00h02

reprodução

Leitor, cuja privacidade se preserva sob o pseudônimo ‘Insólito’, formulou para a coluna questão que pode muito bem cair no vestibular:

Considerando-se o seguinte trecho do discurso de Lula em celebração ao Dia da Consciência Negra:

“Não é pouca coisa que um negro seja eleito presidente dos Estados Unidos. É um marco histórico sem precedentes no mundo. Quando assumi, não podia errar, pois se passariam 500 anos para escolher um metalúrgico como eu, um trabalhador. Dessa forma, Obama está entrando no meio de uma crise e também não pode errar, porque o desastre dos brancos pode cair sobre os ombros dos negros. Qualquer presidente da elite branca pode errar, porque no dia seguinte vai ser contratado para escrever e dar aulas”.

Podemos interpretar tal fala do presidente como…

a) uma preleção
b) uma lição
c) uma explanação
d) uma elucidação
e) ou um ensinamento