Justiça seja feita

Tutty Vasques

08 de agosto de 2010 | 00h16

reprodução

reprodução

A defesa de Charles Taylor está otimista!

Se tudo que o tribunal especial da ONU tem contra o ex-presidente da Libéria for o testemunho de Naomi Campbell, francamente, as chances de condenação são mínimas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: