“King Air, eu?”

Tutty Vasques

16 Novembro 2011 | 10h57

Em sua defesa, o ministro Carlos Lupi pode muito bem alegar que ao ver o prefixo PT na carenagem do aviãozinho nem se preocupou em saber quem era o dono da máquina.

“É gente nossa!” – pensou.

Cá pra nós, faz sentido!