Lances inacreditáveis

Tutty Vasques

24 Maio 2012 | 02h47

reproduçãoAquele dente cariado de John Lennon arrematado por 10 mil libras em outubro de 2011, símbolo da maluquice em que se transformaram os leilões na era da internet, ganhou companhias importantes esta semana na galeria de itens bizarros adquiridos na base do “quem dá mais”.

Não se sabe, evidentemente, quem foi o tarado que pagou dia desses US$ 18 mil por uma calcinha que teria sido esquecida pela rainha Elizabeth II num avião fretado em 1968 para viagem de sua majestade ao Chile.

Gente assim não gosta de aparecer! O cara que desembolsar mais de US$ 10 mil – o leilão ainda está em curso – por um frasco com sangue de Ronald Reagan pedirá, decerto, que sua identidade não seja revelada no noticiário. Vai ver que nem a família do sujeito sabe dessa sua compulsão.

É uma doença! Paga-se muito caro pelo lencinho descartável e o papel higiênico usados, respectivamente, por Scarlett Johansson e Paul McCartney, sem falar no vidrinho de Benadryl 50mg receitado pelo médico de Elvis Presley. Coisa de doido!

O pior é que isso pega! Tem gente por aí leiloando a própria virgindade e até a mãe em busca de celebridade.