Leãozinho (nova versão)

Tutty Vasques

12 Setembro 2013 | 06h50

ilustração pOjucanHá quem lamente estar ficando velho quando não alcança a mínima combustão intelectual em contato com a faísca de rebeldia do Black Bloc, mas também dá graças a Deus por não ter caído no ridículo de, a esta altura da vida, posar encapuzado contra a “violência simbólica” da proibição do uso de máscaras em atos de vandalismo. Não há espaço para dois Caetanos Velosos nesse protesto!

Imagina o Milton Nascimento só com os olhinhos de fora em indumentária ‘black bloc’! Qualquer outro artista do tamanho do filho na Dona Canô ficaria mal na foto das redes sociais aliado à estética de enfrentamento nas ruas do país democratizado. Caetano tem liberdade poética para isso!

Em plena ditadura, já pregava derrubar as prateleiras, as estantes, as estátuas e as vidraças nos versos de ‘É Proibido Proibir’.

A gente pode até achar que ele não tem mais idade para o papel, mas nada justifica as pedras que andam atirando no personagem via internet. Parece coisa de gente que envelheceu!