Liberou quase geral

Tutty Vasques

30 de setembro de 2014 | 16h02

Com a absolvição unânime de Emerson Sheik no tribunal que o julgou por definir a CBF como “uma vergonha”, a Justiça Desportiva cria jurisprudência ao direito de todo jogador de futebol procurar câmeras de TV à beira do campo para dirigir ofensas à entidade.

Só não vale, evidentemente, chama-la de macaca!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.