Lugo existe!

Tutty Vasques

02 de maio de 2008 | 06h57

Depois de acertar as contas com o Brasil no contrato de Itaipu, o Paraguai já sabe o que reivindicar:

Quer, a exemplo do vizinho explorador, receber o seu investiment grade.

O chanceler Celso Amorim acha que é justo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.